Tudoem Bertioga
Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga
Close
Fechar
Veja as câmeras ao vivo de Bertioga
Tudoem Bertioga

Forte São João de Bertioga reabre

Fonte:

Forte São João de Bertioga reabre neste sábado (4) com exposição inédita em parceria com o Sesc

Neste sábado (4) o Forte São João, primeira fortaleza do Brasil e candidato a Patrimônio da Humanidade pela Unesco, reabre para visitação a partir das 14 horas, com uma exposição inédita. A nova atração é realizada por meio da parceria entre a Prefeitura e o Sesc, com o apoio do Instituto de Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN). A entrada é gratuita e não há necessidade de agendamento. As visitas poderão ser feitas de terça a domingo, das 9 às 18 horas.

A exposição apresenta a história do Brasil, do Forte e também do Município através de diversos pontos de vista, aproximando os bens culturais tombados às comunidades locais contemporâneas, preservando e rememorando os registros históricos brasileiros.

O local contará com artefatos de diferentes povos indígenas locais, além de quatro máquinas cenográficas interativas divididas por temas: personagens históricos da fortaleza, recortes e textos antigos da cidade, uma máquina-jogo de pescaria – que aborda a cultura caiçara – e máquina-jogo batalha naval – que aborda técnicas de pirobalística dos canhões das fortalezas.

A curadoria é assinada por Marília Bonas, museóloga especialista em mostras históricas e atual diretora artística do Museu da Língua Portuguesa. Ela também é responsável pela exposição do Museu do Café de Santos.

As análises e levantamentos históricos da Exposição Forte São João foram executados pelos pesquisadores Marília Ariza e Renato de Mattos; por pesquisadores da Pinacoteca de São Paulo, Luiza Giandalia e Pedro Nery; e com curadoria da filósofa e professora indígena Cristine Takuá, da Aldeia Rio Silveira, em Bertioga. A realização é do Sesc Bertioga e Prefeitura de Bertioga, com o apoio do Instituto de Patrimônio Histórico Nacional (Iphan).

Fortalecendo o potencial formativo da nova exposição, o projeto educativo será realizado pelo Coletivo Zebra5, que produziu um material para professores, e também com um inédito conjunto de audioguias, contemplando três tipos de narrativas: uma histórica, outra ficcional e uma para públicos com deficiência visual.

RESTAURAÇÃO

Para receber o novo acervo, a fortaleza passou por reformas, garantindo a preservação do importante cartão-postal de Bertioga. Foram executadas diversas melhorias, entre elas, alinhamento do telhado colonial, substituição de portas e janelas, além de pintura especial à base de cal virgem, material apropriado para edificações de caráter histórico.

Os serviços foram realizados pelo Estúdio Sarasá, empresa responsável pela conservação e restauração de importantes construções históricas do país, como o Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Além disso, os funcionários que trabalharam na reforma da fortificação passaram por capacitação para executar os reparos e a pintura, por meio de curso de Zeladoria do Patrimônio Cultural. 

FORTE SÃO JOÃO

O Forte teve sua primeira estrutura levantada em 1536, ainda com outro nome, e feito em madeira. Posteriormente, entre 1551 e 1553, foi reconstruído em alvenaria, sob as ordens e plantas da coroa real portuguesa, e se estabeleceu como ponto militar para ataque e defesa da ocupação portuguesa, seja contra a população indígena tupinambá que vivia no local, ou contra outros invasores europeus. Para as populações locais, o Forte se configurou como representação de ameaça às suas sociedades e culturas, local de agressão e conflito. É do encontro entre culturas tão diversas que surge na região o povo que formaria a cidade Bertioga.

O Forte São João e a Fortaleza da Barra Grande de Guarujá representam São Paulo na candidatura seriada do Conjunto de Fortificações do Brasil a Patrimônio Mundial, que inclui 19 monumentos em dez estados do país.

A candidatura do Forte São João deve ser oficializada em 2022 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A inclusão nesta lista reconhece a importância única da fortificação para o mundo, criando um compromisso internacional para garantir a sua preservação.

SERVIÇO

Período expositivo presencial: 4 de dezembro a 4 abril de 2022.

Local: Forte São João de Bertioga – Av. Vicente de Carvalho, s/n – Centro.

Horários de visitação: Dia 4, a partir das 14 horas. Do dia 5 de dezembro a 4 de abril, de terça a domingo, das 9h às 18h. Não será necessário agendamento.

Curadoria: Marília Bonas

Entrada: Gratuita

Classificação indicativa: Livre

Para mais informações: (13) 3319-9150

 

Texto: Izabely Carvalho

Foto: Renato Inácio 


Comentários

Voltar ao Topo