Tudoem Bertioga
Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga Tudoem Bertioga

Close
Fechar
Veja as câmeras ao vivo de Bertioga
Tudoem Bertioga

Mais de 200 famílias beneficiadas

Fonte:Prefeitura de Bertioga
Tudoem Bertioga
Tudoem Bertioga

Mais de 200 famílias beneficiadas com regularização da Vila Tupi

 

Depois de décadas de luta, a regularização fundiária do bairro Vila Tupi está se tornando realidade. Nesta segunda-feira (15), foi assinada a Planta Urbanística para registro do loteamento. O próximo passo é protocolar a documentação no Cartório de Registro de Imóveis para concluir o parcelamento do solo e finalizar o projeto de regularização fundiária.

O documento foi assinado pelo Prefeito do Município, em conjunto com a Diretoria de Habitação e representantes da Amvitupi (Associação de Moradores da Vila Tupi). “Esse projeto é de interesse social e é uma meta do governo. Nossa prioridade é conseguir regularizar e entregar as posses aos moradores”, afirma o Diretor Municipal de Habitação, André Santana.

A assinatura foi considerada pelos presentes um marco histórico, pois representa a conclusão de toda parte técnica e jurídica da regularização, e aproxima os moradores do registro do imóvel para que eles recebam a tão sonhada escritura. O papel da Prefeitura foi elaborar e cuidar da parte técnica e social, para que as mais de 200 famílias do bairro fossem beneficiadas com o título de posse de suas casas.

O Prefeito de Bertioga, Caio Matheus, declarou ter vivido momentos de emoção durante a assinatura. “É um sonho antigo dessas famílias e desde o início da nossa gestão temos lutado pela regularização deste núcleo. Parabenizo o empenho da Associação de Moradores da Vila Tupi e o trabalho dos técnicos da Diretoria de Habitação. Com o projeto “Regulariza Bertioga”, o maior programa de regularização da história da Cidade, já são mais de 560 imóveis regularizados”, diz.

 

CONGELAMENTO E REGULARIZAÇÃO

Em conjunto com a AGEM (Agência Metropolitana da Baixada Santista), a Prefeitura fez o mapeamento de todas as áreas irregulares do Município e, a partir da análise, realizou planejamento das ações de congelamento e regularização fundiária, o que colabora para o ordenamento da Cidade e para evitar o processo de favelização.

A Prefeitura realiza mapeamentos fotográficos, uso de drones, instalação de placas, câmeras de monitoramento, além de impedir a entrega de materiais para construção em áreas irregulares e trabalho social junto à população.

Atualmente, o bairro Sítio São João está congelado. Lá, existem 219 famílias cadastradas e identificadas com números nos seus imóveis. Esse processo evita novas construções em áreas preservadas ou públicas e antecede a regularização. Áreas do bairro Chácaras, quadras T, U e Z e a margem do Rio Itapanhaú, onde vivem cerca de 200 famílias, também estão congeladas.

Em 2018, foram regularizados 565 lotes e entregues 210 Títulos de Legitimação Fundiária aos moradores de duas áreas de interesse específico: Jardim Albatroz Gleba A e Loteamento Itaguaré no bairro São Lourenço. Também foram entregues os primeiros Títulos de área de interesse social, no Ilha II (Rio da Praia), fato histórico no Município. Foram 56 regularizações e 30 títulos entregues.

A regularização fundiária em Bertioga deve ganhar ainda mais agilidade. Até 2020 a previsão é dar continuidade a emissão dos títulos em Itaguaré, Jardim Albatroz, Rio da Praia, concluir o Jardim Veleiros, Vila Tupi, Jardim Ana Paula, Vicente de Carvalho (núcleo Cohab), Núcleo Mangue Seco e Boracéia.

 

 

Foto: Divulgação

Autor

Tudoem

Prefeitura do Município de Bertioga

Prefeitura do Município de Bertioga (13) 3319-8000

bertioga@tudoembertioga.com.br

www.bertioga.sp.gov.br

Comentários

Voltar ao Topo